Mais três mortes por covid-19 em Umuarama foram registradas nesta quinta-feira (27); uma mulher de 57 e outra de 62 anos, e um homem de 48 anos, aumentando para 188 o número de umuaramenses que perderam a vida na luta contra a doença.

Nesta quinta também foram confirmados mais 105 casos e agora são 11.841 diagnósticos positivos para o coronavírus, dentre as 29.622 notificações de síndromes gripais registradas desde o início da pandemia.

Desse total, 15.899 suspeitas foram descartadas, 10.854 pessoas se curaram da infecção pelo vírus e 1.882 pessoas com suspeita de contaminação aguardam exames ou o fim da quarentena.

Umuarama tem hoje 769 pessoas positivadas em isolamento domiciliar e 55 hospitalizadas, 17 em unidades de terapia intensiva e 38 em enfermarias.

Nas alas Covid dos hospitais da cidade, as 37 UTIs conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) estão lotadas e pacientes ocupam 56 das 64 vagas de enfermarias (87,5%).

Na área da 12ª Regional de Saúde, 88 pacientes aguardam leitos hospitalares para internação (29 em UTIs) e em toda a Macronoroeste, 253 pacientes com covid-19 esperam pela liberação de leitos nos hospitais conveniados.

MENOS LEITOS DE UTI

Em Umuarama havia 38 leitos de UTI disponíveis para atendimento específico às pessoas com covid-19. Hoje (27), o número caiu para 37. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que “a oferta de leitos de UTI e enfermarias nos hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS), destinados aos pacientes de Covid-19, bem como a todas as demais especialidades médicas, é gerida pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e não cabe ao município”.

Compartilhe: