As informações oficiais ainda não foram repassadas, mas a cidade amanheceu em polvorosa com uma ação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Cascavel, que, até às 10h desta quarta-feira (5) já prendeu ao menos sete pessoas em Umuarama.

Todos estão sendo investigados por desvio de verbas do Fundo Municipal de Saúde e um possível esquema de “fura-fila” na vacinação contra a Covid-19.

Os agentes da megaoperação cumprem 62 mandados de busca e apreensão na 12ª Regional de Saúde, na Secretaria Municipal de Saúde, na Prefeitura e no Hospital Cemil, onde estão neste momento.

A operação é da Subprocuradoria de Justiça de Curitiba e do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria), e tem o apoio da Polícia Militar.

Mais informações a qualquer momento.

Compartilhe: