O Programa Rose Alves é a nova cereja no bolo da tradicional Rádio Cultura AM – 1420 MHz. A estreia, na próxima segunda-feira (19) às 8h, tem sabor de nostalgia, já que foi exatamente na Cultura que a radialista iniciou sua carreira no dia 10 de setembro de 1986 e permaneceu lá por longos 22 anos: a boa filha à casa torna.

O próprio diretor da Cultura, Eduardo Mello, fez o convite para que ela apresentasse um programa com assuntos diversos da cidade, solidariedade, promoções e sorteios e principalmente a participação do ouvinte, que está no DNA da Rádio Cultura, uma rádio que está à frente do tempo quando se fala em interação pelas redes sociais.

A descontração, o improviso, a alegria e até as gafes de Rose Alves fazem dela uma profissional única. “Gosto de saber que as pessoas riem comigo, que me achem divertida. Uma das funções do radialista é exatamente essa: levar alegria para as pessoas”, afirma.

Radialista, comunicadora, locutora, o título é o que menos importa para Rose, que também faz locuções comerciais (o popular ‘porta de loja’), onde conquista centenas de clientes para as empresas onde atua. “É um trabalho muito gratificante, que faço com muito amor e dedicação. O contato direto com o povo é fantástico”, conta.

Nascida em Iporã, ela é filha de Celso Alves de Almeida e Alice Vitorelli Almeida e irmã de Elcio. Infelizmente todos partiram cedo para morar com Deus. Rose é católica e participa ativamente das atividades da Igreja Matriz São Francisco de Assis, onde se dedica a à pastoral da acolhida e da equipe litúrgica.

A filha Islla é graduada em Direito e a filha Victoria é estudante de Arquitetura. Mas é o neto Miguel quem manda na casa. “Ser mãe é maravilhoso, mas ser avó me aproxima ainda mais de Deus. O Miguelzinho faz a alegria e dita as atividades de todos, mesmo tendo só um aninho”, confessa.

Rose lembra que quando iniciou sua carreira eram tempos difíceis, mas foram os melhores. “Trabalhávamos com os bolachões [discos de vinil], cartucheiras, gravadores, tínhamos pouquíssimos recursos, mas havia uma magia especial. Hoje a tecnologia é fundamental e nos ajuda muito, claro, e só o que não muda é o carinho e o respeito do ouvinte”, resume.

Apesar de não falar inglês, Rose Alves se define como ‘roqueira nata’. “Amo Elvis, Queen, Rod Stewart e os clássicos do rock. Mas ouço muito Tim Maia e Marisa Monte. E rock nacional dos anos 80”, relata. A loira também entrega que ama novelas antigas e até as novelas mexicanas.

Sua falta de intimidade com o inglês, inclusive, já virou outra marca de Rose, que ri muito quando tenta dizer os nomes das músicas. “Eu me concentro, treino, repito, mas na hora de falar, pá! Falo algo que não tem nada a ver!”, diverte-se.

Por essas e outras, vale muito a pena ficar atento e acompanhar, a partir desta segunda-feira, o Programa Rose Alves: uma hora de descontração e alegria garantida, de segunda a sábado, das 8h às 9h, na Rádio Cultura AM.

Compartilhe: