O número de mortes em decorrência da Covid-19 continua aumentando em Umuarama. A Secretaria Municipal de Saúde confirmou mais um óbito ocorrido na última quarta-feira (26), no Pronto Atendimento 24h. Um homem de 60 anos não resistiu às complicações da doença e tornou-se o 189º umuaramense vitimado pelo coronavírus.

Nesta sexta-feira, 73 casos foram confirmados (34 mulheres, 31 homens e oito crianças) e agora são 11.914 os diagnósticos positivos para Covid. Desse total, 10.946 pessoas se recuperaram, 746 positivados estão em isolamento domiciliar e 61 pacientes seguem hospitalizados (21 em unidades de terapia intensiva e 40 em enfermarias).

A quantidade de casos suspeitos em investigação também aumentou bastante – hoje, 1.988 pessoas aguardam exames ou o fim do período de isolamento (dois deles internados).

A situação é grave nos hospitais e unidades que atendem os infectados. Pela primeira vez desde o início da pandemia, a Central de Regulação de Leitos da Secretaria de Estado da Saúde informa haver mais pacientes internados do que leitos ofertados – há 37 UTIs exclusivas para covid nos dois hospitais de referência de Umuarama e 38 pacientes internados, e nas enfermarias são 64 leitos e 67 pessoas hospitalizadas.

Além disso, nesta sexta-feira o Pronto Atendimento Municipal tinha 22 pacientes assistidos, dos quais nove estavam intubados e mais um em preparação, e no Ambulatório de Síndromes Gripais havia ainda 14 pacientes sendo tratados com sintomas da doença.

As notificações de síndromes gripais acumuladas desde março do ano passado somam 29.816 (equivalente a 26% da população), das quais 15.914 foram descartadas para coronavírus.

Compartilhe: